Centro de Relacionamento Intrapessoal, Interpessoal e Aprendizagem

quinta-feira, 3 de março de 2011

Atividades escolares de Matemática- Jogos e brincadeiras

Atividades escolares de Matemática- Jogos e brincadeiras


Matemática
Atividade 1 : Quebra-cabeça das operações
Idade: 8 a 11 anos
Objetivos: desenvolver o raciocínio, a lógica e o relacionamento interpessoal
Materiais: papel cartão, fita adesiva, pincel atômico, tesoura

Preparando a atividade
1. Elabore operações matemáticas, primeiramente numa folha;
2. Coloque os números das operações separadamente em cartões, no tamanho de 15cm de largura por 20 cm de altura, use o pincel atômico para escrever;
3. Cada aluno da classe receberá um cartão contendo um número, por isso, faça operações o suficiente para que todos recebam, os cartões de resultados ficarão com o professor;
4. Os cartões que podem fazer parte das operações serão fixados nas blusas dos alunos com fita adesiva;
5. Deixe numa caixa os sinais das operações, como +, -. X, :, =
Obs: Faça vários cartões de cada sinal, porque cada resultado pode aparecer vários tipos de operações.
Desenvolvendo a atividade
6. Faça uma grande roda, com a classe toda e depois peça que se movimentem no centro da roda para que possa dar o resultado de uma operação que os alunos irão elaborar;
7. Diga o resultado de uma operação, levante também o cartão com número para que todos vejam, até ser formado as operações, como por exemplo se o professor der o resultado 8. Os alunos poderão formar 4+4, ou 5+3; ou 10 – 2, isso vai depender dos números que possuem para realizar a operação, para isso também deverão pegar na caixa os sinais, por isso deverá ter vários sinais de cada um.
8. Os alunos que elaborem a operação se encarregaram de pegar os sinais na caixa, eles mesmos mostraram os sinais.
Exemplo: um aluno com nº 7 segurando o sinal + e outro aluno com outro nº. 7 segurando o sinal de igual, essa operação faz parte do resultado 14 que o professor mostrou para a turma.
Orientação: se na turma tiver aluno cadeirante, ou com deficiência visual, forme duplas, e a dupla receberá um cartão, dessa forma, os cartões serão entregues para duplas e não individualmente e se tiver alunos com deficiência auditiva o professor deverá fazer uma roda, isto é, os alunos formarão uma roda e o professor ficará no centro da roda, levantará o cartão e o sinal para que os alunos formem grupos será quando o professor abaixar o cartão.

Atividade 2: Jogo da memória da quantidadeIdade: 6 a 8 anos
Objetivos: desenvolver a atenção a observação, a memória e aprender a pensar matematicamente.
Material: EVA, furador de figuras, tesoura, estilete cola quente, caneta retroprojetor.
Preparando a atividade
1. Faça peças do jogo da memória com EVA e com figuras feitas com o furador de figuras. Sendo que uma peça será o número (faça-o vasado, para isso use uma caneta retroprojetor para escrever o número e o estilete para recortá-lo) e na outra a quantidade (feita de figuras vasadas).
Desenvolvimento
1. Os alunos ficaram em duplas;
2. As duplas deverão descobrir os pares, sendo uma figura e seu número correspondente.
Observação:
Os alunos com deficiência visual poderão jogar, a dupla deverá ficar de olhos vendados e terá um observador, dessa forma brincarão três crianças, para isso faça peças do jogo da memória com EVA e com figuras feitas com o furador de figuras. Sendo que uma peça será o número (faça-o vasado) e na outra a quantidade (feita de figuras vasadas). Faça três peças da mesma, para que seja colada uma sob a outra (com cola quente), para que fiquem mais fáceis de serem manipuladas, tanto por alunos com deficiência visual como para alunos com problemas de coordenação motora.

Atividade 3: Tabuleiro matemáticoIdade: 7 a 9 anos
Objetivos: trabalhar adição e subtração
Materiais: folha sulfite, régua, caneta, dois dados
Preparando a atividade
Faça um tabuleiro na folha sulfite, deverá ter pelo menos 32 Desenvolvimento
1- A classe será dividida em grupos;
2- Será feito um sorteio para ver que inicia o jogo e como será a seqüência dos jogadores;
3- Cada criança jogará os dois dados e somará os números;
4- Poderá ser trabalhado a adiação e a subtração:
Adição: a quantidade somada será marcada no tabuleiro, isto é, se a criança jogar o dado e obtiver 3 em um dado e 4 no outro dado, deverá marcar 7 retângulos.
Subtração: deverá subtrair os números obtidos nos dois dados, por exemplo, se obtiver cinco em um dado e três em outro dado, o resultado será dois, então poderá marcar duas casas.
5- Poderá ser utilizado também 3 dados, dessa forma o tabuleiro deverá ser utilizado na frente e no verso da folha.
6- Ganhará o jogo quem preencher primeiro o tabuleiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário